Desporto

Tribunal da Relação anula acórdão que condenou adepto do Benfica pela morte de Marco Ficcini

Tribunal da Relação anula acórdão que condenou adepto do Benfica pela morte de Marco Ficcini

Luís Pina tinha sido condenado a quatro anos de prisão.

O Tribunal da Relação anulou o acórdão que condenou a quatro anos de cadeia um adepto do Benfica pela morte do italiano Marco Ficcini.

Luís Pina tinha sido condenado em novembro de 2020 por homicídio com negligência grosseira e considerado responsável pelo atropelamento, junto ao Estádio da Luz, que resultou na morte do italiano, que ia assistir ao Benfica-Sporting.

O Tribunal da Relação entende agora que os juízes não fizeram o exame crítico da prova nem fundamentaram a decisão. Mandam, por isso, o processo baixar à primeira instância para serem corrigidas essas falhas.

A morte aconteceu na madrugada de 22 de abril de 2017, antes de um dérbi na Luz. Adeptos das duas equipas envolveram-se em agressões junto ao estádio e Marco Ficini, que também pertencia à claque da Fiorentina “O Club Settebello”, morreu após um atropelamento e fuga.

Últimas Notícias
Mais Vistos