Desporto

Conselho de Disciplina instaura processo disciplinar ao treinador Miguel Afonso

Conselho de Disciplina instaura processo disciplinar ao treinador Miguel Afonso
Facebook/FC Famalicão Feminino

Técnico foi acusado de assédio sexual por várias futebolistas.

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) instaurou esta sexta-feira um processo disciplinar, com caráter urgente, ao treinador Miguel Afonso, acusado de assédio sexual por várias futebolistas.

O Conselho de Disciplina determinou ainda a suspensão preventiva do treinador, que está prevista no regulamento

O treinador da equipa de futebol feminino do Famalicão já tinha sido suspenso de funções no clube. A decisão foi tomada hoje por "acordo mútuo" e surgiu depois das denúncias sexuais feitas por várias atletas do Rio Ave. Esta manhã seguiu igualmente uma queixa anónima conjunta de ex-jogadoras para a FPF, contra o treinador.

As jogadoras do Rio Ave também enviaram provas de que o Famalicão sabia das suspeitas de assédio sexual no dia em que contratou o técnicos, bem como provas de que o diretor desportivo da equipa feminina estava a par de tudo antes da contratação.

Esta sexta-feira, Miguel Afonso não compareceu na academia do Famalicão, onde era suposto orientar o treino da equipa feminina.

As denúncias foram feitas ao jornal Público por várias atletas do Rio Ave. As jogadoras, com idades entre os 18 e os 20 anos, dizem ter recebido mensagens íntimas de teor impróprio dizem que o técnico pedia que lhe enviassem fotografias e vídeos.

Últimas Notícias
Mais Vistos