Desporto

Benfica consegue melhor arranque de invencibilidade do século XXI

Benfica consegue melhor arranque de invencibilidade do século XXI
Armando Franca

Na I Liga, os encarnados somam 11 vitórias.

O Benfica conseguiu este domingo o seu melhor arranque de invencibilidade numa temporada no século XXI, ao somar o 23.º jogo sem perder em 2022/23, ultrapassando, 11 anos depois, o feito dos comandados de Jorge Jesus.

A formação comandada pelo alemão Roger Schmidt chegou a este registo com mais uma goleada, desta vez por 5-1 na visita ao Estoril Praia, em jogo da 12.ª jornada da I liga portuguesa de futebol.

Na I Liga, os encarnados somam 11 vitórias -- uma delas no reduto do campeão FC Porto (1-0) - e um empate, na competição que lideram com oito pontos à maior sobre os 'dragões', e uma igualdade com o 'terciário' Caldas na Taça de Portugal, transformada em triunfo nos penáltis (5-3, após 1-1 nos 120 minutos).

Já na Champions, e contando com a fase de qualificação, em que venceram os quatro jogos, com Midtjylland (4-1 em casa e 3-1 fora) e Dinamo Kiev (2-0 fora e 3-0 em casa), os 'encarnados' somam oito triunfos e duas igualdades, com 28 golos marcados e nove sofridos.

Neste percurso, destaque para os dois triunfo sobre a Juventus (2-1 em Turim e 4-3 na Luz) e os dois empates com o Paris Saint-Germain (1-1 em Portugal e em França), para além da goleada por 6-1 frente aos israelitas do Maccabi Haifa, no fecho da fase de grupos, que garantiu o primeiro lugar na 'poule' H.

Em 2011/12, o Benfica não perdeu nenhum dos primeiros 22 encontros, somando 14 vitórias e oito empates (42-18 em golos), antes do desaire por 2-1 no reduto do Marítimo, em 02 de dezembro de 2011, que custou o adeus à Taça de Portugal, logo nos 'oitavos'.

Agora, o Benfica vai em busca do seu quarto melhor registo de sempre sem perder no início de uma temporada, os 24 jogos (17 vitórias e sete empates, com 90-16 em golos) de 1964/65, que pode igualar na quarta-feira, de novo frente ao Estoril Praia, em jogo da quarta eliminatória da Taça de Portugal.

Nos três lugares do pódio, estão os 31 jogos (26 vitórias e cinco empates) de 1959/60, época em que os 'encarnados' não disputaram as competições europeias, e os 26 de 1971/72 (22 triunfos e quatro empates) e de 1977/78 (19/7).

Em 1959/60, o Benfica só 'caiu' a primeira vez em 29 de maio de 1960, na 30.ª e última ronda do campeonato (1-2 na receção ao Belenenses), enquanto em 1971/72 e 77/78 perdeu a invencibilidade na primeira mão dos quartos de final da Taça dos Campeões Europeus, nos redutos de Feyenoord e Liverpool, respetivamente.

Últimas Notícias