Economia

CGD quer deixar de pagar juros inferiores a 1 euro

© REUTERS FILE PHOTO / Reuters

Banco público quer cortar no pagamento de juros das poupanças e depósitos a prazo, já a partir de 1 de agosto

Segundo o Expresso a remuneração passa a ser 70% inferior à que está em vigor, que já é limitada.

Até agora, o limite estava nos 4 cêntimos, mas a partir de agosto os juros semestrais passam de 0,05% para 0,015%.

E sempre que os juros sejam inferiores a um euro, a CGD deixa mesmo de pagar.

As alterações já começaram a ser comunicadas aos clientes por parte do banco Público.