Economia

Mário Centeno é um de 5 candidatos à liderança do FMI

Piroschka Van De Wouw

Ministro português apontado à chefia do Fundo Monetário Internacional.

O ministro das Finanças Mário Centeno é um dos cinco nomes para liderar o Fundo Monetário Internacional (FMI).

Uma fonte oficial do Governo francês garantiu à agência Reuters que o nome do ministro português e presidente do Eurogrupo está em cima da mesa dos líderes europeus para ocupar o cargo de diretor-geral da organização.

Os outros possíveis candidatos serão o holandês Jeroen Dijsselbloem, antigo presidente do Eurogrupo; Nadia Calviño, ministra espanhola da Economia; Olli Rehn, governador do Banco Central da Finlândia; e a búlgara Kristalina Georgieva, diretora-executiva do Banco Mundial.

Christine Lagarde está de saída cargo e vai liderar o Banco Central Europeu.