Economia

Confederação do Turismo alerta para consequências da greve de 12 de agosto

Greve dos motoristas pode ter um efeito muito negativo para o turismo e para a economia nacional.

A Confederação do Turismo de Portugal considera que a greve dos motoristas de matérias perigosas decretada para 12 de agosto pode ter um efeito muito negativo para o turismo e para a economia nacional.

Num comunicado, a associação defende que a paralisação vai decorrer durante um período crítico para a atividade turística no país.

O organismo apela a um entendimento entre as partes envolvidas para que a população e a economia portuguesa não acabem prejudicadas.

Em agosto do ano passado, o setor do turismo registou cerca de 7,8 milhões de dormidas em território nacional.