Economia

Hotelaria do Algarve reforça stocks para conseguir fazer face à greve dos motoristas

Hotelaria do Algarve reforça stocks para conseguir fazer face à greve dos motoristas

Só 15% dos postos de combustível foram incluídos nos serviços mínimos, o que preocupa o setor hoteleiro. 

O Algarve poderá ser a região mais afetada pela greve dos motoristas porque há cerca de um milhão de turistas na região. O setor hoteleiro está a armazenar reservas para fazer face à greve e lamenta que apenas 15% dos postos de combustível tenham sido incluídos nos serviços mínimos.

  • Branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo. Os riscos da banca angolana em Portugal
    20:49