Economia

Centeno garante que sempre teve uma boa relação com Costa

Em entrevista à RTP, o ministro das Finanças demissionário disse que a relação com o primeiro-ministro não se degradou ao longo do tempo.

Cinco anos depois, termina, a bem (nas palavras de Centeno) a relação com António Costa.

Se com Costa a relação foi saudável, com o Chefe de Estado foi pelo menos mais distante. Marcelo Rebelo de Sousa criticou a injeção de 850 milhões de euros no Novo Banco, antes de ser conhecida a auditoria e o tirou o tapete ao socialista.

Depois de sair do executivo, não se sabe para onde Centeno vai.

O cargo de governador do Banco de Portugal é a hipótese mais provável. Suposições à parte, certo é que vai também deixar a Presidência do Eurogrupo, em meados de julho.