Economia

"Todas as coisas boas têm um fim": a despedida de Centeno do Eurogrupo

Mário Centeno comunicou ao Eurogrupo que está de saída e não é candidato a um segundo mandato.

Mário Centeno prepara a saída do Eurogrupo. Comunicou hoje aos ministros das Finanças que está de saída e não é candidato a um segundo mandato.

Mesmo deixando a pasta das Finanças já na segunda-feira, Centeno vai continuar a ser presidente até dia 12 de julho.

Esta quinta-feira liderou a penúltima videoconferência. A próxima será para eleger o sucessor.