Economia

Futuro de Mário Centeno. PS quer atrasar projeto de lei que impede ida de governantes para o BdP

Mário Centeno, governador do Banco de Portugal.

JOSE SENA GOULAO / POOL

Socialistas prepararam-se para pedir audições.

Os socialistas querem atrasar a aprovação da lei que impede a ida de governantes diretamente para o Banco de Portugal. A ideia é que Mário Centeno consiga assumir o cargo.

O jornal Expresso adianta que a ordem para que a lei seja atrasada foi dada diretamente pelo primeiro-ministro.

Em causa está a aprovação na generalidade um projeto de lei que determina que haja um período de nojo de cinco anos para que os ministros sejam governadores do Banco e Portugal.

E para empatar o processo, o PS prepara-se para pedir audições no Parlamento ao Banco Central Europeu, por exemplo.

Mário Centeno abre a porta ao Banco de Portugal