Economia

"É uma boa solução para a TAP", afirma o ministro das Infraestruturas

Pedro Nuno Santos diz que agora começa a fase mais desafiante.

O Estado fica com 72,5% do capital da TAP, assegurando o controlo da empresa, revelou o ministro das Finanças, João Leão, numa conferência de impresa esta quinta-feira.

Na mesma sala, Pedro Nuno Santos disse que estava tudo preparado para avançar com a nacionalização da empresa, caso o acordo não fosse atingido.

Conheça os pormenores do acordo