Economia

Trabalhadores da Efacec preocupados com reprivatização 

Governo pretende voltar a vender a participação na empresa.  

Os trabalhadores da Efacec dizem estar aliviados com a nacionalização da empresa, mas por outro lado mostram-se preocupadas com a possibilidade de reprivatização.

O Governo anunciou na quinta-feira a compra da parte que Isabel dos Santos detinha na empresa.

Administração da Efacec diz que nacionalização viabiliza continuidade e valor da empresa

O Conselho de Administração da Efacec considera que a nacionalização de 71,73% da empresa é "um claro reconhecimento" do "valor económico e estratégico" do grupo, permitindo "viabilizar a sua continuidade" e manter o seu "valor financeiro e operacional".

"O Conselho de Administração da Efacec Power Solutions agradece o que entende como um claro reconhecimento do valor económico e estratégico da Efacec no panorama nacional e internacional nos setores da energia, mobilidade e ambiente."

Sindicato da Efacec apoia nacionalização definitiva e pede fim do lay-off

O Sindicato das Indústrias Transformadoras defendeu esta sexta-feira que o Governo deve nacionalizar definitivamente a Efacec, integrando-a no setor empresarial do Estado, e acabar com o lay-off dos trabalhadores, que dura há três meses.

"A Efacec é estratégica e essencial para o país. Esta nacionalização tem de ser definitiva e tem de ser seguida da integração da empresa no setor empresarial do estado, só assim serão assegurados os postos de trabalho, os direitos dos trabalhadores e o seu futuro", considerou o Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Norte (Site-Norte).