Economia

Planos de recuperação de cada país deverão ter em conta as recomendações de Bruxelas

Exclusivo SIC/Expresso 

Loading...

A entrevista exclusiva à presidente da Comissão Europeia.

Os líderes dos 27 fecharam esta terça-feira um acordo sobre um plano de relançamento económico dos países e setores mais afetados pela pandemia de covid-19 de 750 mil milhões de euros, associado ao orçamento da União Europeia para 2021-2027, de 1,074 biliões.

Caberá a cada país definir agora onde vai aplicar o dinheiro do fundo de recuperação. Mas os planos terão de passar na avaliação por Bruxelas.

Em entrevista exclusiva à SIC, a presidente da Comissão Europeia explica quais os critérios a cumprir e garante que nenhum país poderá vetar a transferência de verbas para outro estado membro.

"A comissão está disposta a dar ajuda técnica que for preciso. Porque é do interesse comum que o dinheiro seja canalizado para as reformas, para os investimentos, porque queremos sair mais fortes desta crise", diz Ursula Von der Leyen.

Últimas Notícias
Mais Vistos