Economia

Presidente do novo Banco de Fomento pode vir a ganhar mais do que o primeiro-ministro

JOSÉ COELHO

Decisão cabe a João Leão, ministro das Finanças.

O presidente do novo Banco de Fomento pode vir a ganhar mais do que o primeiro-ministro.

Esta é uma decisão que cabe a João Leão, atual ministro das Finanças, porque o diploma publicado na segunda-feira em Diário da República, estabelece que o presidente da instituição pode ter a opção de ganhar o mesmo salário que tinha na sua função anterior.

Ou seja, mais do que os 5.400 euros auferidos por António Costa.

O Banco de Fomento resulta de uma medida aprovada em junho em Conselho de Ministros, e a principal função é o apoio de crédito às empresas sem precisarem de intermediação do sistema bancário.

Veja também: