Economia

TAP. Despedir 2 mil trabalhadores ou cortar mais os salários? Governo pondera

Sindicato que representa os pilotos da TAP terá proposto um corte salarial superior a 25% para evitar despedimentos.

O Governo admite maiores cortes salariais na TAP para reduzir o número de despedimentos na empresa.

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, em entrevista à Antena 1 e ao Negócios, diz que a proposta foi apresentada pelo sindicato que representa os pilotos da TAP e que está a ser estudada pelo executivo.