Economia

Venda de barragens da EDP aprovada com parecer negativo da APA. Ministro do Ambiente descarta responsabilidade

Bloco de Esquerda acusa Governo de autorizar negócio abusivo.

O ministro do Ambiente e o diretor da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) aprovaram o negócio da venda das Barragens da EDP contra um parecer negativo dos técnicos da própria agência do ambiente.

O parecer interno da Agência Portuguesa do Ambiente sobre a venda das barragens da EDP, a que a SIC teve acesso, diz de forma clara que "não estão reunidas as condições para autorizar a venda das barragens" da EDP aos franceses da Engie.

O texto está datado de 8 de agosto do ano passado e é assinado por Maria Felisbina Lopes Quadrado, diretora do Departamento de Recursos Hídricos da APA.

O Bloco de Esquerda confrontou os ministros do Ambiente e das Finanças na Audição Parlamentar. Mariana Mortágua insiste que o Governo autorizou de forma consciente um negocio com contornos abusivos. O partido não tem dúvidas que a EDP usou a figura da "reestruturação empresarial" para fugir às obrigações fiscais.

O ministro do Ambiente descarta responsabilidades e o das Finanças recusa ter beneficiado a EDP.