Economia

PCP receia que insolvência da Groundforce penalize trabalhadores 

Orçamento do Estado para 2020: PCP diz que não há acordo prévio com o Governo.  

Jerónimo de Sousa está apreensivo em relação à insolvência da Groundforce e diz que estes processos normalmente penalizam os trabalhadores.

O líder comunista visitou esta terça-feira os serviços da Câmara do Seixal, para exigir o alargamento de um suplemento salarial a mais funcionários.

Os trabalhadores da recolha do lixo para a receber este ano cerca de 100 por mês a mais, como suplemento de insalubridade. Jerónimo de Sousa congratula-se com o avanço na higiene urbana e saneamento, mas sublinha que os setores das águas, pavimentos e manutenção ficaram de fora.