Economia

Eletricidade vai ficar mais cara a partir de julho

Quase um milhão de clientes vai ver a fatura da eletricidade aumentar.

O aumento no preço aplica-se aos clientes do mercado regulado e deve-se à subida do preço da energia no Mercado Ibérico.

Para a maioria dos clientes domésticos com potência contratada de 3,45 kVA, esta atualização representa 1 euro e 5 cêntimos a mais na fatura média mensal.

O aumento pode rondar os três euros para os consumidores com potência contratada mais elevada.

A medida abrange quase um milhão de clientes do mercado regulado, que correspondem a cerca de 5% do consumo total eletricidade.