Economia

Economia portuguesa regista no 2.º trimestre o maior salto em 25 anos

Disparou 15,5% face ao mesmo período de 2020. 

A economia portuguesa registou no segundo trimestre a maior subida em pelo menos 25 anos. Cresceu 15,5% face ao mesmo período do ano passado, altura em que ocorreu o primeiro confinamento. Já era, por isso, esperada esta subida do PIB, uma vez que a comparação é feita com um período em que a atividade económica estava praticamente parada.

É um salto que pode ser inédito. Não há registo de outro igual ou superior, pelo menos desde 1996, quando o Instituto Nacional de Estatística começou a divulgar os dados sobre o Produto Interno Bruto.

A economia portuguesa disparou no segundo trimestre deste ano 15,5% face ao mesmo período do ano passado. É precisamente por isso que a subida é tão expressiva. Foi entre abril e junho de 2020 que os efeitos da pandemia e do primeiro confinamento mais se fizerem sentir, com grande parte da atividade encerrada.

Foi o trimestre mais negativo da história da economia portuguesa com uma queda superior a 16% em relação ao ano anterior.

Os meses seguintes já foram de alguma retoma, mas os números continuaram no vermelho.

No início deste ano, o novo confinamento voltou a abalar a economia, que caiu face ao último trimestre de 2020.

A reabertura gradual a partir de março permitiu uma recuperação no segundo trimestre. Cresceu 4,9% em relação aos primeiros três meses do ano.

Estes dados ainda são provisórios e só vão ser confirmados pelo INE no final de agosto.

  • 2:29