Economia

PCP vai propor fixação de um preço máximo na energia 

"Não é aceitável que estas subidas da energia continuem a não ter resposta em medidas governamentais." 

O PCP vai propor esta semana no Parlamento a fixação de um preço máximo no preço da energia.

Na segunda-feira, num comício na Amadora, Jerónimo de Sousa lembrou a proposta anunciada no final de junho durante as jornadas parlamentares do partido.

"Não é aceitável que estas subidas da energia, resultantes das opções da política energética dos governos PS, PSD e CDS, continuem a não ter resposta em medidas governamentais que travem o desastre em curso e qualquer subida das tarifas", completou.

Perante mais de 100 pessoas, que empunhavam bandeiras da CDU, no salão de festas da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Amadora, Jerónimo acrescentou ainda que para o PSP "o que se impõe é continuação da sua descida, nomeadamente da tarifa regulada".

Leia mais: