Economia

Ex-administrador do Alfeite contratado para "empresa-mãe" no mesmo mês em que se demitiu

José Miguel Fernandes demitiu-se em janeiro da base do Alfeite, alegando motivos pessoais.

O antigo presidente da base do Alfeite demitiu-se em janeiro, evocando motivos pessoais. Sabe-se agora que, no mesmo mês, foi nomeado como assessor da empresa-mãe, a IDD, que gere a base do Alfeite e outras sete empresas da defesa nacional.

José Miguel Fernandes é gestor e mestre em finanças. Foi presidente do conselho de administração da Arsenal do Alfeite, que detém os estaleiros. mas em janeiro deste ano pediu a demissão, alegando motivos pessoais.

A TSF avança que no mesmo mês em que pediu a demissão por razões pessoais foi contratado para a IDD Portugal Defence, a empresa-mãe que gere o Alfeite e outras sete empresas de manutenção, construção e desenvolvimento ligadas à defesa nacional.

A IDD não respondeu aos pedidos de esclarecimento feitos pela SIC, mas à TSF o presidente confirmou a contratação de José Miguel Fernandes.

Não é a primeira vez que a IDD é notícia: no ano passado, duas ex-assessoras do ministro da Defesa foram contratadas. Uma delas é vogal do conselho de administração.

Os partidos

À SIC a bancada parlamentar do PSD garante que quer ouvir no Parlamento o presidente da IDD e também vai pedir esclarecimentos ao Governo. O Bloco quer uma audição ao ministro da Defesa. O PS e o PCP, para já, não vão pedir qualquer esclarecimento.