Economia

“Pacote de medidas chega tarde, é muito curto e está cheio de truques”, acusa Bloco de Esquerda

Loading...
Mariana Mortágua deixa aviso aos pensionistas.

A deputada do BE Mariana Mortágua considerou, esta segunda-feira, que o pacote de medidas para apoiar as famílias face ao aumento da inflação chega tarde e “é muito curto”, acusando o Governo de fazer truques.

“Este pacote de medidas chega tarde, é muito curto e está cheio de truques”, criticou a deputada, em declarações aos jornalistas na Assembleia da República, após o primeiro-ministro ter anunciado as medidas do Governo de apoio às famílias.

As medidas anunciadas não chegam “para compensar toda a perda de poder de compra, dos salários e das pensões que todas as pessoas têm tido ao longo do último ano”, sustentou.

Mariana Mortágua criticou também que o valor das oito medidas de apoios sociais, 2.400 milhões de euros, fica “muito aquém de toda a receita fiscal extraordinária que os portugueses estão a entregar ao Estado através do IVA acrescido ou através dos impostos sobre os combustíveis fruto da inflação”.

Acusando o Governo de recorrer a truques, a deputada do BE quis “deixar um aviso aos pensionistas”.

“O anúncio feito por António Costa hoje [segunda-feira] não é um aumento da sua pensão. A lei de atualização de pensões que foi descongelada na anterior legislatura significa que, em 2023, fruto da combinação entre o aumento do PIB, o crescimento da economia e a inflação, vai haver uma atualização muito generosa e justa das pensões. O que António Costa está a dizer aos pensionistas é que vai rever essa lei e que vai fazer um aumento em baixa”, defendeu.

Últimas Notícias
Mais Vistos