Economia

Inflação: o impacto da subida de preços nas famílias e nos comerciantes

Loading...
Os aumentos refletem os efeitos da pandemia e da guerra da Ucrânia.

A inflação está já a ter um enorme impacto nos lucros dos comerciantes e no orçamento das famílias. Os portugueses fazem contas e procuram estratégias para não gastar tanto.

Numa família de cinco pessoas, a estratégia das compras mudou. As compras que faziam semanalmente, custam agora mais 60 ou 70 euros. A subida dos preços ainda não levou esta família a cortar nos alimentos essenciais, mas há mais contenção na compra, por exemplo, de peixe.

Com o aumento já anunciado dos preços do gás, o próximo passo nesta casa é a mudança para o mercado regulado.

A resposta ao impacto da inflação sente-se também no mercado de Matosinhos. Os comerciantes têm menos vendas à medida que os preços sobem. O tomate, por exemplo, nunca esteve tão caro: três euros o quilo. Também a dúzia de ovos já aumentou 30 cêntimos e deverá voltar a aumentar.

Os aumentos nos preços refletem ainda os efeitos da pandemia e da guerra da Ucrânia, que motivou a subida do custo da energia.

Últimas Notícias
Mais Vistos