Economia

Nem pandemia, nem guerra, nem taxas de juro: preços das casas continuam a subir

Loading...

Entre abril e junho foram vendidas 43 mil habitações, a maioria a portugueses.

O mercado imobiliário continua a crescer a um ritmo acelerado e a elevada procura por casa está a gerar um aumento expressivo nos preços.

Apesar da pandemia, da guerra e também da subida das taxas de juro, o mercado imobiliário não dá sinais de abrandamento.

Em 10 anos, o preço de alguns apartamentos localizados na zona de Oeiras aumentou, em média, cerca de 400.000 euros, uma subida que se deve sobretudo ao desequilíbrio entre a a procura e a oferta.

Os portugueses afirmam que a situação está a tornar-se insuportável, sobretudo para os mais jovens.

Últimas Notícias
Mais Vistos