Economia

Acordo entre Portugal, Espanha e França "pode ser positivo para a Europa como um todo"

Loading...

Governos de Portugal, França e Espanha chegaram a acordo sobre um gasoduto "vocacionado" para o hidrogénio verde", podendo ser utilizado também como transporte de gás natural até certa proporção.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirma que o acordo alcançado entre Portugal, Espanha e França para um corredor de energia verde "é muito importante".

Marcelo diz que é tanto para Portugal e Espanha, que o "defendia há muito", como para França "que introduziu o hidrogénio verde", mas "sobretudo para a Europa como um todo".

Esta quinta-feira os Governos de Portugal, França e Espanha alcançaram um acordo para acelerar as interconexões ibéricas, abandonando o projeto existente, destinado apenas ao gás, por um outro que prevê um gasoduto marítimo para transportar também hidrogénio verde.

António Costa indica que o gasoduto está "vocacionado" para o hidrogénio verde", podendo ser utilizado também como transporte de gás natural até certa proporção. Para além disso, o primeiro-ministro indica que serão reforçadas também as interconexões elétricas.

Segundo António Costa, os líderes dos três países voltarão a reunir-se "no início de dezembro com o objetivo de concretizar este entendimento, que contribuirá para pôr fim ao isolamento energético da Península Ibérica, para a transição energética e para a segurança de abastecimento da União Europeia (UE) no seu conjunto".

Últimas Notícias
Mais Vistos