Economia

EuroBic alvo de buscas devido a questões relacionadas com Isabel dos Santos

EuroBic alvo de buscas devido a questões relacionadas com Isabel dos Santos
TOBY MELVILLE/Reuters

A PGR refere que as buscas resultam da execução de um ”pedido de cooperação judiciária internacional recebido das autoridades angolanas".

A sede do banco EuroBic, em Lisboa, está a ser alvo de buscas judiciais devido a Isabel dos Santos, avança o jornal online Observador, que acrescenta que o juiz Carlos Alexandre está também no terreno para “a validação imediata da apreensão de documentação”.

Segundo o Observador, o objetivo destas buscas é a “apreensão de documentação relevante para os autos de um dos 17 inquéritos”, que visam a empresária angolana. Ontem, e no âmbito do mesmo inquérito, também a consultora PwC e o seu ex-sócio Jaime Esteves foram alvo de buscas, acrescenta o jornal.

Questionada pela SIC Notícias, a Procuradoria-Geral da República (PGR) confirma “a realização de buscas" e acrescenta que está a cumprir um “pedido de cooperação judiciária internacional recebido das autoridades angolanas”.

As diligências têm lugar em empresas de consultoria e numa entidade bancária", refere a PGR, acrescentando que as buscas estão a ser dirigidas pelo Ministério Público do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP).

Estas entidades, segundo a investigação angolana, apenas terão servido para o desvio de dinheiro da Sonangol.

Recorde-se que a empresária Isabel dos Santos foi acionista do EuroBic.

EuroBic confirma buscas na sede a pedido de autoridades angolanas

Entretanto, o EuroBic disse que a sede em Lisboa foi alvo de diligências judiciais, confirmando notícias que davam conta da realização de buscas pelas autoridades.

"Na sequência das notícias vindas a público, o EuroBic comunica que foram hoje realizadas diligências judiciais na sua sede", refere fonte oficial da instituição bancária numa resposta por escrito à Lusa, salientando que está "legalmente vinculado a não adiantar quaisquer informações sobre as mesmas".

Ainda assim, acentua a mesma fonte oficial, "tal facto não impede o EuroBic de reafirmar a sob posição de completa cooperação e 'full disclosure' [completa transparência] relativamente às autoridades judiciais".

Apesar de mandado de captura, Isabel dos Santos continua a partilhar vida no Dubai

A empresária Isabel dos Santos é alvo de uma mandado de captura internacional emitido pela Interpol, mas continua a partilhar nas redes sociais a sua vida quotidiana no Dubai.

Nos processos em Portugal, a empresária tem alegado que as consultoras prestaram, efetivamente, serviços à petrolífera angolana no âmbito de um processo de reestruturação levado a cabo durante o seu mandato.

Em dezembro de 2022, o Tribunal Supremo angolano determinou o arresto preventivo dos bens de Isabel dos Santos, avaliados em mil milhões de dólares (941 milhões de euros), nomeadamente 100% das participações sociais da empresa Embalvidro, onde a arguida é beneficiária efetiva.

Artigo foi atualizado às 20:53.

Últimas Notícias
Mais Vistos