Afeganistão

EUA e países ocidentais evacuaram embaixadas no Afeganistão

Diplomatas retirados para o aeroporto de Cabul.

O Presidente do Afeganistão fugiu este domingo para o Tajiquistão pouco tempo antes dos talibã controlarem a capital Cabul.

O dia ficou marcado pela evacuação das embaixadas ocidentais e pela corrida aos bancos.

Centenas de diplomatas e trabalhadores de organizações internacionais foram transferidos para instalações à guarda de tropas dos Estados Unidos.

Praticamente sem qualquer resistência, os talibã ocuparam este domingo toda a cidade de Cabul.

A ofensiva já provocou pelo menos meio milhão de deslocados. Reavivou pesadelos e temores entre muitos afegãos, sobretudo entre mulheres e a população urbana e instruída que mais beneficiou da ajuda ocidental.

Vinte anos depois da invasão em retaliação pelos ataques da Al-Qaeda aos Estados Unidos, e da guerra mais longa e mais cara travada por Washington, os talibã voltam a reinar em Cabul e controlam como nunca controlaram o Afeganistão.