Eleições Autárquicas

Rio pede união do PSD em vésperas de eleições autárquicas

Coligação PSD/CDS quer conquistar Câmara de Trancoso.

Rui Rio pede tréguas aos críticos em tempo de campanha e diz que em vésperas de um combate eleitoral devem estar unidos e não a pensar em objetivos pessoais. O líder do PSD esteve esta terça-feira no distrito da Guarda, mas a chuva atrapalhou algumas ações de rua previstas.

Ainda bem que Rui Rio veio dar uma ajuda a Trancoso porque, se dependesse do candidato, Maria de Lurdes teria ficado sem saber porque é que PSD e CDS juntos fariam diferente do que o PS tem feito na câmara.

As respostas que faltam ao candidato de Trancoso sobram ao candidato da Mêda.

Os cafés foram o abrigo de eleição num dia em que a chuva não deu tréguas. Na Guarda, os ventos já sopraram mais a favor.

O plano era andar na rua, mas a chuva não deixou. O plano do PSD para a Guarda também era manter a Câmara sem grandes dores de cabeça, mas as divisões internas não deixaram. Rio escolheu o atual presidente, substituo de Álvaro Amaro para cabeça de lista, mas o líder da concelhia do PSD não gostou. Bateu com a porta e avançou como independente.

Já havia um Paulinho das feiras. Agora há um Rui do shopping. De loja em loja, sempre a confiar na sorte.