Eleições Autárquicas

Autárquicas: frases da noite eleitoral

Canva

Seleção de frases da noite eleitoral das eleições autárquicas.

Duarte Cordeiro, líder da líder da Federação da Área Urbana de Lisboa do PS

"Estamos confiantes que vamos ganhar as eleições em Lisboa. A confirmar-se o resultado, será a quinta vez que ganhamos as eleições em Lisboa."

José Silvano, secretário-geral do PSD

"Ninguém canta vitória (no PSD) , porque são só sondagens, mas normalmente as sondagens à boca da urna acertam sempre."

José Luís Carneiro, secretário-geral adjunto do PS

"De acordo com todos os indicadores, o PS vai voltar a ganhar as eleições autárquicas e constitui-se como a grande referência do Poder Local democrático. É o maior partido nos municípios e nas freguesas."

António Maló de Abreu, diretor da campanha do Juntos Somos Coimbra

"Com toda a certeza, podemos dizer que ganhámos estas eleições com uma maioria absoluta, o que era fundamental para dar a volta a Coimbra."

Pedro Melo, vice-presidente do CDS-PP

"Estamos ainda perante resultados preliminares mas tudo indica que tivemos uma grande vitória em Coimbra, uma aposta muito forte desta direção e, como digo, a vitória de Coimbra é grande, é estrondosa e pode permitir ao CDS recuperar o seu vereador."

Margarida Botelho, membro do Comité Central do PCP

"As projeções que se conhecem, nomeadamente, de Lisboa e do Porto, são de sentido positivo, de consolidação, de reforço da CDU. A de Almada teremos ainda de ver, porque o intervalo é relativamente grande."

Pedro Santana Lopes, cabeça de lista do movimento independente "Figueira a Primeira"

"Ganhar nestas circunstâncias (a Câmara da Figueira da Foz) é uma proeza sem igual, porque, contra todas as tropelias, todas as armadilhas, todas as impugnações e contra os partidos grandes, médios e pequenos."

André Ventura, líder do Chega

"Ainda não sabemos como terminará [a noite eleitoral] e se podemos, ou não, cantar vitória absoluta, mas há uma coisa que já sabemos, é que amanhã o país acordará com o Chega em todo o território nacional e isso é uma grande vitória desta noite eleitoral."

Pedro Filipe Soares, dirigente do BE

"As projeções que são conhecidas são convergentes numa ideia que nos é simpática: dá intenção, pelas projeções, que o Bloco de Esquerda vai conseguir alargar a sua base autárquica do ponto de vista geográfico, o que é um reforço da nossa presença em todo o país."

Ricardo Mexia, diretor de campanha da coligação PSD/CDS-PP/MPT/PPM/Aliança candidata à Câmara de Lisboa

"Para quem esteve durante estes meses todos na rua, a contactar com as pessoas, de facto isto é a confirmação do que ouvíamos, do que nos diziam. Efetivamente, há aqui um grande sinal de mudança que os portugueses e neste caso os lisboetas manifestaram."

Pedro Siza Vieira, ministro da Economia

"Os resultados [em Lisboa] poderiam ser mais vigorosos, mas temos condições de governabilidade."

Rodrigo Saraiva, porta-voz do Iniciativa Liberal

"O Partido Socialista perde força nestas eleições. E perde força, porque as pessoas recusam e recusaram uma forma radical de fazer campanha, de muito eleitoralismo, onde um partido se confunde com o Estado ou o Estado se confunde com o partido. Isso fica claro perante as projeções, que os portugueses rejeitam quem mistura essas coisas."

Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP

"Resultados ficaram aquém dos objetivos colocados. (Ainda assim, a CDU) confirma-se como uma grande força do poder local."

Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP

► ACOMPANHE AO MINUTO A NOITE ELEITORAL

► VEJA AQUI OS RESULTADOS DAS AUTÁRQUICAS 2021