Coronavírus

Aeroporto de Lisboa não fez qualquer rastreio ou pergunta a portuguesa que chegou do Egito

Aeroporto de Lisboa não fez qualquer rastreio ou pergunta a portuguesa que chegou do Egito

Mais de 200 pessoas tiveram que esperar pela autorização das autoridades de saúde egípcias para poderem continuar a viagem

Especial Coronavírus

No Egipto, em Luxor, já tiveram ordem para prosseguir viagem os 43 portugueses que estiveram retidos num cruzeiro, à espera do resultado do rastreio das autoridades de saúde, depois de terem sido confirmados dezenas de casos de infeção do novo coronavirus, num outro navio.

Entretanto, a SIC falou com uma passageira, oriunda do mesmo destino e que também esteve no Navio Princess Sarah, recém chegada a Lisboa, a quem não foi feito nenhum rastreio ou controlo.