Coronavírus

Escola Superior de Tecnologia fecha em Felgueiras, Amarante, Lousada e Penafiel

Face ao aumento de casos, o Governo ordenou a suspensão temporária de visitas em hospitais, lares e estabelecimentos prisionais na região Norte.

Especial Coronavírus

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG) do Politécnico do Porto fechou hoje por tempo indeterminado "todas as instalações onde decorrem aulas" no centro de Felgueiras e em Lousada, mas também em Amarante e Penafiel, distrito do Porto.


"Estas medidas condicionam a atividade de cerca de 1.800 pessoas, entre estudantes, pessoal docente e não-docente, com a suspensão da atividade letiva de 21 cursos", acrescenta a instituição, em comunicado.


A ESTG esclarece que o encerramento "de todos os locais onde existem atividades letivas" foi considerado "prudente" após a Direção-Geral de Saúde (DGS) ter anunciado o encerramento de todas as escolas básicas, preparatórias e secundárias em Felgueiras e Lousada".


Os locais encerrados incluem "o campus 3 do Politécnico do Porto, no centro de Felgueiras" e as instalações dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais, estas situadas nas cidades de Amarante, Felgueiras, Lousada e Penafiel.


Devido ao surto de Covid-19, em Felgueiras e Lousada foram encerrados ginásios, bibliotecas, piscinas e cinemas, além de todas as escolas.


Os residentes naqueles dois concelhos do distrito do Porto foram aconselhados a evitar deslocações desnecessárias.


A DGS comunicou que 447 pessoas estão sob vigilância por contactos com infetados.


Foram também encerrados alguns estabelecimentos de ensino secundário e universitário no Norte, bem como duas escolas na Amadora e uma em Portimão.

Veja também:


A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 3.800 mortos.


Cerca de 110 mil pessoas foram infetadas em mais de uma centena de países, e mais de 62 mil recuperaram.


Nos últimos dias, a Itália tornou-se o caso mais grave de epidemia fora da China, com 366 mortos e mais de 7.300 contaminados pelo novo coronavírus, que pode causar infeções respiratórias como pneumonia.


Para tentar travar a epidemia, o Governo de Roma colocou cerca de 16 milhões de pessoas em quarentena no Norte do país, afetando cidades como Milão, Veneza ou Parma.

MAPA INTERATIVO MOSTRA EM TEMPO REAL OS PAÍSES AFETADOS PELO CORONAVÍRUS

A Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, criou, em conjunto com outras entidades, um mapa interativo que permite acompanhar a evolução do coronavírus no mundo.

MAIS INFORMAÇÃO NO ESPECIAL CORONAVÍRUS