Coronavírus

As cidades colocadas em quarentena para impedir a propagação do coronavírus

Nguyen Huy Kham

Face ao avanço da epidemia do Covid-19, cidades e localidades em diversso países foram isoladas.

Especial Coronavírus

O Governo italiano decretou esta semana a quarentena em todo o país para impedir a propagação do novo coronavírus, uma medida histórica que irá afetar 60 milhões de habitantes e que outras cidades também adotaram para conter o surto.

Face ao avanço da epidemia, cidades e localidades em diversso países foram isoladas, à semelhança do que já tinha acontecido na província chinesa de Hubei, onde começou o surto de Covid-19.

A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.300 mortos em 28 países e territórios.

O número de infetados ultrapassou as 120 mil pessoas, com casos registados em 120 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 61 casos confirmados.

Eis alguns exemplos de quarentenas devido ao novo coronavírus:

Itália

Itália é o caso mais grave do surto de Covid-19 depois da China, com mais de 10.000 infetados e pelo menos 631 mortos, o que levou o Governo a decretar a quarentena em todo o país.

Segundo o primeiro-ministro, Giuseppe Conte, citado pela agência Associated Press, os cidadãos terão de comprovar que têm necessidade de trabalhar, que têm uma condição de saúde ou outra razão, de uma lista limitada, para poderem viajar para fora da área de residência.

As restrições, que entraram em vigor na terça-feira, vão manter-se até 3 de abril, assegurou o chefe do Governo.

China

Na China, várias cidades na província de Hubei estão desde janeiro passado em quarentena, com entradas e saída bloqueadas, numa medida que afeta quase 60 milhões de pessoas.

No entanto, a província anunciou na segunda-feira um levantamento parcial das medidas de quarentena aplicadas a várias dessas cidades, voltando a permitir a deslocação dos seus habitantes de forma controlada.

A medida não se aplica a Wuhan, capital da província, e a mais afetada pela doença.

Situada no centro da China, Hubei concentra a maioria dos casos e mortes devido ao Covid-19 registados a nível mundial, 67.760 e 3.024, respetivamente.

Alemanha

A pequena cidade de Neustadt/Dosse, no Estado de Brandemburgo, na Alemanha, está paralisada desde o fim de semana passado, por receio de propagação do novo coronavírus, com escolas vazias e ruas ainda mais desertas do que o habitual.

Vários professores de uma escola participaram em02 de março num encontro em torno de um criador de cavalos de Berlim, que dias depois, foi diagnosticado com o Covid-19.

Face à confirmação do caso, todos os professores, mas também os seus alunos e familiares, foram solicitados desde segunda-feira a permanecer em isolamento nas suas casas até ao fim do período de incubação, 17 de março.

No total, mais de 2.200 pessoas foram colocadas em quarentena, segundo as autoridades locais, das cerca de 3.400 que vivem na cidade.

Estados Unidos

Nos Estados Unidos, o governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, anunciou na terça-feira uma "área de contenção" de um quilómetro e meio na parte norte do município de New Rochelle, "o maior foco de infeção do novo coronavírus do país".

"É uma ação dramática, mas é o maior foco do país e é uma questão de vida ou de morte", disse Cuomo em conferência de imprensa, onde indicou que a medida entrará em vigor no próximo dia 12 e que terminará no dia 25 deste mês.

Durante estas duas semanas, escolas, grandes superfícies comerciais e lugares onde se possam reunir grandes grupos de pessoas permanecerão encerrados, disse Cuomo, acrescentando que vai destacar a Guarda Nacional para ajudar nos trabalhos de contenção, limpeza e tratamento do novo coronavírus.

Até ao momento, detetaram-se 108 casos de contágio de Covid-19 neste município.

Veja também:

  • 380 mortos e mais de 13 mil casos de Covid-19 em Portugal

    Coronavírus

    O último balanço da DGS dá conta de 380 mortes e 13.141 casos de Covid-19 em Portugal. São mais 35 óbitos e 699 infetados em relação a ontem. A região Norte continua a ser a mais afetada, com 7.386 casos e 208 vítimas mortais. Há mais doentes internados mas menos casos em Unidades de Cuidados Intensivos, uma redução que se regista pela primeira vez desde o início da pandemia. Siga aqui ao minuto as últimas informações.

    Direto

    SIC Notícias

  • Especialistas dizem que contenção está a resultar em Portugal
    3:31