Coronavírus

Governo aprova contratação de médicos aposentados

MIGUEL A. LOPES

Sem sujeição aos limites de idade.

Especial Coronavírus

O Governo aprovou a contratação de médicos aposentados, sem sujeição aos limites de idade, e a suspensão dos limites de trabalho extraordinário para fazer face à pandemia da Covid-19.

As medidas servem para "garantir o estado de prontidão" do Serviço Nacional da Saúde (SNS), refere um comunicado do Conselho de Ministros realizado na quinta-feira e hoje divulgado.

Além destas duas medidas, o Governo aprovou para o SNS a simplificação da contratação dos trabalhadores e a mobilidade de trabalhadores.

A lista de medidas inclui regimes excecionais para a aquisição de serviços por parte de órgãos, organismos, serviços e entidades do Ministério da Saúde e de composição das juntas médicas de avaliação das incapacidades das pessoas com deficiência.

O Governo aprovou ainda um regime de prevenção para profissionais do setor da saúde diretamente envolvidos no diagnóstico e resposta laboratorial especializada.

As medidas são de caráter excecional e urgente.

LEIA AQUI TODAS AS MEDIDAS EXTRAORDINÁRIAS APROVADAS EM CONSELHO DE MINISTROS

ESCOLAS FECHADAS ATÉ 9 DE ABRIL

As escolas de todos os graus de ensino vão suspender todas as atividades letivas presenciais a partir de segunda-feira devido ao surto de Covid-19, anunciou esta noite o primeiro-ministro, António Costa, numa declaração ao país.

Esta medida, temporária, vigora até ao fim do período letivo, antes das férias da Páscoa, e será reavaliada a 9 de abril.

A medida vai atingir mais de dois milhões de alunos: Só no ensino pré-escolar estão inscritas cerca de 240 mil crianças, no ensino básico e secundário são quase 1,4 milhões e nas instituições de ensino superior perto de 373 mil alunos. A estes juntam-se ainda as crianças das creches.

Veja mais:

  • 246 mortos e quase 10 mil casos de Covid-19 em Portugal

    Coronavírus

    O último balanço da DGS dá conta de 246 mortes e 9.886 casos de Covid-19 em Portugal. São mais 37 óbitos e 852 infetados em relação a ontem. Nas últimas 24 horas, Espanha registou mais 932 mortes e 7.472 casos. O balanço de vítimas em território espanhol ascende agora a 117.710 infetados e 10.935 vítimas mortais. A edição deste ano do festival Rock in Rio em Lisboa foi adiada para 2021. Siga aqui ao minuto as últimas informações sobre a pandemia.

    Direto

    SIC Notícias