Coronavírus

Ministro australiano testa positivo a Covid-19 depois de regressar dos EUA

DEAN LEWINS

Dutton confirmou o resultado positivo três dias depois de participar num encontro do Conselho de Ministros.

Especial Coronavírus

O ministro do Interior australiano, Peter Dutton, confirmou hoje ter testado positivo ao Covid-19, depois de uma viagem aos Estados Unidos, o primeiro caso no identificado no Governo.

“Hoje de manhã acordei com febre e dores de garganta. Imediatamente contactei o Departamento de Saúde e fui testado. Foi informado hoje à tarde que o teste deu positivo”, anunciou em comunicado.

“É política das autoridades de saúde que qualquer pessoa que tenha testado positivo seja admitida no hospital e eu cumpri esse conselho. Estou bem e darei informação atualizada oportunamente”, disse.

Dutton participou na terça-feira numa reunião do Conselho de Ministros, presidida pelo primeiro-ministro Scott Morrison, que esteve, por seu lado, em contacto nos últimos dias com os principais responsáveis dos estados e territórios australianos.

O ministro tinha no início deste mês viajado até aos Estados Unidos onde se reuniu com membros da Five Eyes Alliance em Washington a 05 de março, altura em que esteve com responsáveis de vários países, nomeadamente Estados Unidos, Reino Unido, Canadá e Nova Zelândia.

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.900 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde a declarar a doença como pandemia.

O número de infetados ultrapassou as 131 mil pessoas, com casos registados em mais de 120 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 78 casos confirmados.