Coronavírus

Número de casos diários de infetados com o novo coronavírus volta a descer na Coreia do Sul

Kim Hong-Ji/ Reuters

Gyeongsang do Norte não registou novos casos pela primeira vez desde 19 de fevereiro.

Especial Coronavírus

A Coreia do Sul registou hoje, pelo segundo dia consecutivo, o menor número de novos casos diários de coronavírus em quase três semanas, 110, elevando o número de infetados para 7.979.

Destes, 7.402 são casos ativos, depois de 510 pacientes terem recebido alta hospitalar. A Coreia do Sul registou na quinta-feira mais uma morte, aumentando o número de vítimas fatais para 67.

Das 110 novas transmissões, a maioria, 63, voltou a ser associada ao foco principal do país (88% dos casos), a cidade de Daegu (localizada a cerca de 230 quilómetros a sudeste da capital, Seul) e na província de Gyeongsang do Norte, indicou o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças Contagiosas.

No entanto, Gyeongsang do Norte não registou novos casos pela primeira vez desde 19 de fevereiro, da mesma forma que Daegu, onde vivem 2,4 milhões de pessoas, somou o menor número de infeções diárias desde 22 de fevereiro.

A Coreia do Sul está a realizar 18.000 testes por dia e é o país no mundo que mais análises efetua: 4.700 por milhão de habitantes.

Contudo, embora os números pareçam apontar para uma estabilização da epidemia no sudeste do país, após três semanas de esforços contra a epidemia, as autoridades dão conta de pequenos surtos de infeção comunitária, especialmente em Seul.

Veja mais:

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.600 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde a declarar a doença como pandemia.

O número de infetados ultrapassou as 125 mil pessoas, com casos registados em cerca de 120 países e territórios.