Coronavírus

CP suprime 350 ligações diárias a partir de quarta-feira

Rafael Marchante

Aplicação do Cenário II do seu Plano de Contingência contra o novo coronavírus.

Especial Coronavírus

A CP - Comboios de Portugal reduz, a partir de quarta-feira, em 350 as ligações diárias, para 1.050, adequando assim a oferta de viagens à procura, que recuou cerca de 60% devido à evolução da pandemia do Covid-19.

Numa comunicação divulgada esta terça-feira, a CP adianta que "para dar resposta às reais necessidades de mobilidade das populações", decidiu proceder "ao ajustamento da sua oferta, aplicando o Cenário II do seu Plano de Contingência", o que resulta numa redução de cerca de 25% do número de ligações diárias.

A CP efetua cerca de 1.400 ligações ferroviárias em dia útil, sendo que a partir desta quarta-feira, dia 18 de março, este número será reduzido para cerca de 1.050 ligações diárias, mantendo-se 75% da oferta regular de comboios da CP.

A empresa assinala que este plano permite continuar a assegurar a mobilidade dos cidadãos pela via ferroviária e que a redução foi decidida num contexto em que se registou uma quebra global da procura de viagens na ordem dos 60%.

A informação sobre as ligações ferroviárias é atualizada no final do dia de hoje e poderá ser consultada em www.cp.pt.

Portugal está em estado de alerta desde sexta-feira, e o Governo colocou os meios de proteção civil e as forças e serviços de segurança em prontidão.

Entre as medidas para conter a pandemia, o Governo suspendeu as atividades letivas presenciais em todas as escolas desde segunda-feira e impôs restrições em estabelecimentos comerciais e transportes, entre outras.

Veja também: