Coronavírus

Hospital dos Lusíadas cobrou 476 euros a doente por material de proteção

Foram cobrados quatro kits de proteção quando o caso não foi validado como suspeito de Covid-19.

Especial Coronavírus

Um doente crónico com 95% de incapacidade esteve no Hospital dos Lusíadas, no Porto, onde fez análises e um raio-X pulmonar devido a estar com tosse.

O valor da consulta e dos exames, com seguro de saúde, foi de pouco mais de 105 euros, mas a conta final chegou quase aos 600 euros. Só em material de proteção contra o novo coronavírus o hospital cobrou cerca de 476 euros.

A família reclamou, mas o hospital só reconheceu o erro depois do contacto da SIC.

SIGA AQUI AO MINUTO AS ÚLTIMAS INFORMAÇÕES SOBRE A COVID-19

Veja também: