Coronavírus

Trabalhadores dos call center exigem teletrabalho

Trabalhadores dos call center exigem teletrabalho

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores de Call Center, os funcionários não têm possibilidade de manter a distância de segurança recomendada.

Especial Coronavírus

O Sindicato dos Trabalhadores de Call Center convocou uma greve para exigir teletrabalho para todos os profissionais, "sem qualquer perda de rendimentos".

Segundo o presidente do sindicato, Danilo Moreira, os trabalhadores, que são muitos, não têm possibilidade de manter a distância de segurança recomendada e os equipamentos de trabalho são os mesmos.

Veja também: