Coronavírus

O plano da Liga para terminar o campeonato em julho

Paul Childs

Solução passa por realizar jogos à porta fechada. Conheça aqui o plano da Liga.

Especial Coronavírus

Com os campeonatos de futebol das diversas ligas europeias suspensos devido à pandemia do novo coronavírus, têm surgido algumas dúvidas relativamente ao futuro das competições.

Será que os campeonatos vão recomeçar numa data posterior, que irá comprometer o início da próxima temporada, ou dá-se por terminada a presente época e determina-se um campeão, ainda com jogos por realizar? Ou a época é anulada sem que haja um campeão?

A UEFA, órgão que rege o futebol europeu, determinou que as ligas de futebol têm até 3 de agosto para terminar a presente temporada, colocando a responsabilidade de recomeçar os campeonatos, caso existam condições, nas federações de cada país.

Segundo o jornal O Jogo, a Comissão Permanente de Calendários, órgão da Liga de Clubes, elaborou um plano de jogos em que o campeonato recomeçaria no final de maio "para poder acabar em julho", sendo que os encontros se realizariam à porta fechada.

Desta forma, os clubes poderiam realizar uma espécie de pré-temporada no início de maio com os jogadores que, desde a paragem dos campeonatos, mantêm a atividade física com exercícios realizados em casa.

As restantes dez jornadas seriam jogadas semana a semana, com exceção para duas a meio da semana, a 10 de junho e 1 de julho.

A última jornada ficaria marcada para o fim de semana de "18 e 19 de julho" e a final da Taça de Portugal, entre FC Porto e Benfica, "poderá ser disputada a 25 ou 26 de julho".

Com este cenário, que se poderá aplicar nos diferentes campeonatos, os clubes que estão presentes nas competições europeias - não é o caso de Portugal - têm a possibilidade de recomeçar a sua campanha a partir de agosto.

A aprovação deste plano vai depender da propagação da pandemia do novo coronavírus em Portugal e na Europa, bem como da autorização das autoridas de saúde.

Acompanhe aqui ao minuto toda a informação sobre a pandemia da Covid-19