Coronavírus

Casillas quer realizar jogo de beneficência "vintage" após crise do novo coronavírus

Susana Vera

Equipas seriam compostas pelo jogadores espanhóis que conquistaram o Campeonato do Mundo e os dois Europeus, entre 2008 e 2012.

Especial Coronavírus

O ex-guarda-redes espanhol de futebol Iker Casillas, que passou pelo FC Porto, quer realizar um jogo com antigas glórias, com a receita a reverter para as pessoas mais necessitadas, devido à pandemia de Covid-19, anunciou hoje nas redes sociais.

"Quando tudo isto passar, devemos reunir os míticos de há uns anos e jogar um clássico vintage. A receita vai para as pessoas necessitadas", escreveu Casillas através da sua conta oficial no Twitter, em comentário a um vídeo colocado pela La Liga, em que mostra os melhores momentos de Xavi, seu antigo colega na seleção espanhola e ex-FC Barcelona.

Numa conversa nas redes sociais em que também entraram Andrés Iniesta e Carles Puyol, o ex-guarda-redes referia-se em juntar a melhor geração de sempre do futebol espanhol que, entre 2008 e 2012, venceu dois Europeus e um Mundial.

Depois de ter passado quase duas décadas no Real Madrid, Casillas terminou a sua carreira no FC Porto, com 38 anos, devido a um problema cardíaco.

Nos últimos tempos, o antigo guardião, que é o segundo jogador com mais internacionalizações de sempre pela Espanha (tem 167 e foi recentemente ultrapassado por Sérgio Ramos), mostrou o desejo de se candidatar à presidência da Federação Espanhola de Futebol (RFEF).

De acordo com os últimos dados, a Espanha é o país da Europa com mais pessoas infetadas pelo novo coronavírus, segundo em todo o mundo, com 135.032 casos, que resultaram, para já, em 13.055 mortes.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,2 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 68 mil. Dos casos de infeção, mais de 238 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

SIGA AQUI AO MINUTO TODA A INFORMAÇÃO SOBRE A COVID-19

  • 2:34