Coronavírus

16,7 milhões de norte-americanos perderam o emprego nas últimas três semanas

16,7 milhões de norte-americanos perderam o emprego nas últimas três semanas

Luís Costa Ribas

Luís Costa Ribas

Impressões da América

A situação está cada vez mais dramática nos EUA.

Especial Coronavírus

Os Estados Unidos enfretam, neste momento, dois grandes desafios. Se por um lado, milhões de norte-americanos estão a perder o emprego, por outro lado, os serviços de saúde não têm materiais de proteção e capacidade de resposta para o crescente número de casos de Covid-19.

Numa análise a este números na SIC Notícias, Luís Costa Ribas explicou que os lugares de trabalho perdidos nestas últimas semanas representam já 10% da força laboral americana, elevando a taxa de desemprego para um dos valores mais altos de sempre.

Os apoios disponibilizados pelo Governo de Donald Trump não têm sido suficientes para travar o fecho de empresas, nomeadamente, das PME, que têm preocupado a Casa Branca, visto que reprensentam 50% da força laboral.

E se os republicanos estão alarmados com o estado da economia - tendo já avisado que tudo vai voltar à normalidade em maio - os democratas têm estado mais apreensivos com a falta de material nos sistemas de saúde e a ausência de apoio às autoridades locais.