Coronavírus

Como um simples espirro pode propagar o coronavírus num espaço fechado

Stefano Rellandini

Veja aqui uma simulação que mostra como a Covid-19 pode ser transmitida através de um espirro ou tosse em ambiente fechado.

Especial Coronavírus

Um grupo de investigadores da Universidade Aalto, do Instituto Meteorolóigico Finlandês, do VTT – Centro Técnico de Investigação da Finlândia e da Universidade de Helsínquia juntou-se para perceber de que forma o novo coronavírus pode ser transmitido através da tosse ou do espirro em ambiente fechado, neste caso um supermercado.

De acordo com os primeiros resultados, os investigadores entendem que o vírus sobrevive mais tempo no ar do que se pensava inicialmente.

"Alguém infetado pode tossir e ir embora mas deixam para trás pequeníssimas partículas aerossol que transportam o vírus"

Na simulação de vídeo abaixo, uma pessoa tosse num supermercado e outra pessoa, que está num corredor paralelo, é atingida pelas partículas. Demorou apenas um minuto até o vírus chegar ao corredor do lado.

Ao fim de seis minutos, o sítio onde a pessoa espirrou ainda contém pequenas partículas.

O professor assistente Ville Vuorinen explica que quando alguém infetado espirra ou tosse, deixa para trás partículas que transportam o vírus e que podem acabar no trato respiratório de outras pessoas que se encontrem próximas.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, já infetou mais de 1,5 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram quase 89 mil.

Dos casos de infeção, mais de 312 mil são considerados curados.

O continente europeu, com mais de 787 mil infetados e mais de 62 mil mortos, é aquele onde se regista o maior número de casos e a Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, contabilizando 18.279 em 143.626 casos confirmados.