Coronavírus

Terceira morte por infeção de Covid-19 em lar da Misericórdia de Santo Tirso

Um idoso de 60 anos internado no Centro Hospitalar do Médio Ave.

Especial Coronavírus

O Lar Dra. Leonor Beleza, em Santo Tirso, registou hoje a terceira morte por infeção do novo coronavírus, um idoso de 60 anos internado no Centro Hospitalar do Médio Ave, confirmou a porta-voz da Misericórdia.

"Esta foi mais uma madrugada difícil para a Misericórdia de Santo Tirso, desta vez pelo falecimento de um dos utentes mais antigos do Lar Dra. Leonor Beleza. Mais uma perda que muito sentimos e lamentamos", lê-se em nota publicada pela instituição na sua página no Facebook.

À Lusa, a porta-voz da instituição, Sara Almeida e Sousa, apontou que o utente, de 60 anos, estava hospitalizado no Centro Hospitalar do Médio Ave.

Na quinta-feira, a Santa Casa de Misericórdia de Santo Tirso, distrito do Porto, tinha confirmado a morte de outro utente, a qual se soma falecimento de outro idoso a 02 de abril, no Hospital São João, no Porto.

Na publicação de quinta-feira, esta instituição informava, ainda, quanto aos infetados, que o número de utentes subiu de 23 para 25 e o de colaboradores de 21 para 22, havendo ainda oito utentes com resultado inconclusivo.

No total, são agora 46 os infetados naquela resposta social.

Com testes de resultado negativo, prosseguia a atualização diária, estavam 39 utentes e 37 colaboradores, encontrando-se a aguardar resultados 19 utentes e oito colaboradores.

Já em outra valência, o Lar José Luiz d'Andrade, também em Santo Tirso, tinha subido de quatro para cinco o número utentes infetados, enquanto o de colaboradores era de 14, mais quatro que na quarta-feira.

Com testes efetuados e resultado negativo estavam 12 colaboradores, somando-se três utentes e quatro colaboradores a aguardar resultados.

A Santa Casa de Misericórdia de Santo Tirso informou, por fim, que a câmara local garantiu na quinta-feira a disponibilidade de 55 testes a efetuar na próxima segunda-feira aos utentes do lar.

O concelho de Matosinhos, de acordo com o relatório epidemiológico divulgado hoje pela Direção-Geral da Saúde (DGS), regista 114 casos de infeção.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já provocou a morte a mais de 100 mil pessoas e infetou mais de 1,6 milhões em 193 países e territórios.

Dos casos de infeção, mais de 330 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 435 mortos, mais 29 do que na véspera (+6,4%), e 15.472 casos de infeção confirmados, o que representa um aumento de 1.516 em relação a quinta-feira (+10,9%).

Dos infetados, 1.179 estão internados, 226 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 233 doentes que já recuperaram.