Coronavírus

Número de mortes por Covid-19 em Portugal pode estar subestimado

Número de mortes por Covid-19 em Portugal pode estar subestimado

Os autores do estudo dizem que, nos últimos 30 dias, houve mais 656 mortes que não estão identificadas como sendo causadas pela Covid-19, a maioria idosos. Ainda assim, o excesso de mortalidade noutros países é bastante superior ao registado em Portugal.

Especial Coronavírus

Um estudo realizado pela Escola Nacional de Saúde Pública mostra que o número de mortes por Covid-19 em Portugal pode estar subestimado.

Os autores do estudo dizem que, nos últimos 30 dias, quando comparado com as médias do mesmo mês dos últimos 10 anos, houve mais 656 mortes que não estão identificadas como sendo causadas pela Covid-19, a maioria idosos. Ainda assim, o excesso de mortalidade noutros países é bastante superior ao registado em Portugal.

Os especialistas admitem que a explicação pode estar no facto de algumas pessoas terem morrido em casa ou em lares, sem terem realizado o teste para despistar a Covid-19, ou por atrasos no atendimento nos serviços de saúde, que nesta altura estão mais focados nos doentes infetados com o novo coronavírus. Podem ainda ser consequência de efeitos indiretos da doença: porque os doentes adiam as idas ao hospital com medo de ficarem infetados e quando acabam por fazê-lo, muitas vezes, já estão numa situação grave.

A Direção-Geral da Saúde continua a apelar para que ninguém deixe de procurar assistência medica, sobretudo quem sofre de doenças agudas ou crónicas graves.