Coronavírus

"The World's 50 Best Restaurant" lança fundo para apoiar recuperação do setor

MARTIN DIVISEK

Devido à pandemia de covid-19, que levou ao encerramento de restaurantes por todo o mundo, a 'The World's 50 Best Restaurants' decidiu não anunciar a lista anual de melhores restaurantes.

Especial Coronavírus

Sem lista de melhores restaurantes do mundo em 2020, a 'The World's 50 Best Restaurant' lançou um fundo para apoiar a recuperação do setor, que será constituído por donativos de responsáveis da organização e receitas de iniciativas de consumidores.

Segundo anunciou esta quarta-feira a organização, no início de junho irá realizar-se um leilão de "experiências gastronómicas" e objetos doados e será publicado, em formato digital, um livro com receitas de 'chefs' de restaurantes que integram o 'ranking' dos melhores do mundo e que poderá ser 'descarregado' em troca de um donativo.

A 'The World's 50 Best Restaurants' (Os 50 Melhores Restaurantes do Mundo, em português) irá também realizar formações para responsáveis do setor da hotelaria e, em setembro, irá organizar a "Cimeira da Recuperação", um encontro virtual da "comunidade gastronómica mundial", com ações de formação, palestras, entrevistas e debates sobre o futuro do setor.

Devido à pandemia de covid-19, que levou ao encerramento de restaurantes por todo o mundo, a 'The World's 50 Best Restaurants' decidiu não anunciar a lista anual de melhores restaurantes e cancelou a gala que este ano estava prevista para 02 de junho, em Amberes (Flandres).

ACOMPANHE AQUI AO MINUTO AS INFORMAÇÕES SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

A organização considera que há que esperar por 2021, "se as circunstâncias o permitirem" e se os restaurantes já tiverem "em marcha o processo de reconstrução e recuperação".

O fundo agora criado pela 'The World's 50 Best Restaurants' tem como objetivo não só apoiar o setor, mas também reconhecer o trabalho solidário que tem sido feito por todo o mundo através do fornecimento de refeições a profissionais de saúde e pessoas necessitadas.

Em 2019, o restaurante Mirazur (França) foi considerado o melhor restaurante do mundo, enquanto o português Belcanto, de José Avillez, ascendeu pela primeira vez à primeira metade da lista, ficando em 42.º lugar.

Até agora, a escolha dos melhores restaurantes do mundo fazia-se todos os anos, desde 2002, contando com os contributos de mais de mil especialistas em gastronomia.

Segundo os promotores, a lista procura "revelar alguns dos melhores destinos para experiências culinárias únicas, além de ser um barómetro para tendências gastronómicas globais".