Coronavírus

Praias de Sintra reabertas para práticas desportivas e pesca lúdica

A surfista Teresa Bonvalor volta a surfar após a paragem forçada devido à pandemia da covid-19.

MIGUEL A. LOPES / LUSA

Os passeios também são permitidos.

Especial Coronavírus

As praias do concelho de Sintra passam a estar acessíveis, mas apenas para a prática de atividades desportivas ou pesca lúdica, devendo ser reportadas situações contrárias à lei, anunciou hoje a câmara municipal.

“Com a passagem do estado de emergência para o de calamidade, e para preparar um controlado desconfinamento em contexto de pandemia covid-19, a autarquia atenua as medidas restritivas referentes às praias, mas sempre acompanhando pelas devidas salvaguardas para a saúde pública, definidas pelas entidades sanitárias competentes, bem como pelo Governo”, indicou, em comunicado, a Câmara Municipal de Sintra.

Desta forma, passa a ser possível utilizar as praias de Sintra para passeios, “desde que seja respeitada a distância mínima de dois metros entre pessoas”, prática de atividade física individual ou no máximo de duas pessoas, prática de desportos aquáticos e pesca lúdica.

Conforme ressalvou a Câmara Municipal, não é permitida a permanência nos areais para outros fins, como banhos de sol ou refeições, devendo a Polícia Municipal reportar, por exemplo, à Capitania do Porto de Cascais e à Polícia Marítima situações contrárias à lei.

Portugal entrou domingo em situação de calamidade, depois de três períodos consecutivos em estado de emergência desde 19 de março.

Esta nova fase de combate à covid-19 prevê o confinamento obrigatório para pessoas doentes e em vigilância ativa, o dever geral de recolhimento domiciliário e o uso obrigatório de máscaras ou viseiras em transportes públicos, serviços de atendimento ao público, escolas e estabelecimentos comerciais.

Portugal com 1.114 mortes e 27.268 casos de Covid-19

Portugal registava na sexta-feira 1.114 mortes relacionadas com a covid-19, mais nove do que na quinta-feira ( 1.105) e 27.268 infetados (mais 553).

Relativamente ao número de casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus (27268), os dados da Direção Geral da Saúde (DGS) revelam que há mais 533 casos do que na quinta-feira (26.715).

O número de casos recuperados subiu de 2.258 para 2.422, mais 164 do que quinta-feira.

Há 842 doentes internados, 127 encontram-se em Unidades de Cuidados Intensivos.

271 mil mortos e 3,8 milhões de infetados no mundo

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou cerca de 271 mil mortos e infetou quase 3,8 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Mais de 1,2 milhões de doentes foram considerados curados.