Coronavírus

Mais 9 mortes por Covid-19 em Portugal nas últimas 24 horas

Rafael Marchante

Os últimos dados divulgados pela DGS.

Especial Coronavírus

Portugal regista esta segunda-feira 1.144 mortes relacionadas com a Covid-19, mais 9 do que no domingo, e 27.679 infetados (mais 98), segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje pela Direção Geral da Saúde (DGS).

Em comparação com os dados de domingo, em que se registavam 1.135 mortos, hoje constatou-se um aumento de óbitos de 0,7%.

O número de vítimas mortais foi o mesmo relativamente ao dia anterior.

Relativamente ao número de casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus, 27.679, os dados da DGS revelam que há mais 98 casos do que no domingo (27.581), representando uma subida de 0,4%.

A região Norte é a que regista o maior número de mortos (651), seguida da região de Lisboa e Vale do Tejo (248), do Centro (216), do Algarve (14), dos Açores (14) e do Alentejo, que regista um caso, adianta o relatório da situação epidemiológica, com dados atualizados até às 24:00 de domingo, mantendo-se a Região Autónoma da Madeira sem registo de óbitos.

Em média são feitos 13 mil testes por dia à Covid-19 em Portugal

De acordo com a a ministra da Saúde, "desde o dia 1 de abril e até ao dia 30, foi feita uma média de cerca de 11.500 por dia", número este passou para subiu para 13 mil diagnósticos diários entre 01 a 08 de maio.

No total foram realizados de 532 mil testes de diagnóstico à Covid-19 em Portugal desde o início do surto.

Os casos de Covid-19 na I Liga

Com a autorização, por parte da Direção-Geral da Saúde e do Governo, para o regresso da Primeira Liga de Futebol no final de maio, a maior parte dos clubes regressaram aos treinos no dia 4 do presente mês, com a responsabilidade de cumprir as regras impostas pela autoridade de saúde, tais como a realização de testes aos futebolistas, equipa técnica e funcionários, treino individualizado e desinfeção das áreas comuns.

PAUL WHITE

O Vitória de Guimarães foi o primeiro clube a anunciar três casos positivos de Covid-19 em jogadores da equipa principal, após terem sido repetidos os testes. O clube avançou que os futebolistas "se encontram clinicamente bem, assintomáticos e em isolamento".

O FC Famalicão, equipa que cumpre o ano de estreia no principal escalão do futebol nacional, revelou a existência de 5 casos de infeção, sendo que três dizem respeito a futebolistas e dois a membros da estrutura do clube. Todos foram enviados para casa.

David Tavares, médio do SL Benfica, que foi apanhado a quebrar as regras de confinamento durante o estado de emergência, está infetado com a Covid-19, tal como revelou em comunicado o clube encarnado, na noite de domingo. O jogador não tem sintomas da doença, e o clube já informou que vai realizar uma nova ronda de testes.

Também o Moreirense, através do site oficial, anunciou um caso de infeção num atleta do clube, após terem sido realizados testes a todo o plantel e estrutura, no sábado.

Qualidade do ar na última semana manteve-se excelente em Lisboa mas piorou no Porto

A associação ambientalista ZERO anunciou hoje que a qualidade do ar na última semana manteve-se "excelente em Lisboa" mas "piorou no Porto", de acordo com os resultados das análises da qualidade do ar que realiza desde março.

Rafael Marchante

Em comunicado, a ZERO refere que, em Lisboa, a concentração média de dióxido de azoto nos dias úteis da última semana, já em estado de calamidade (4 a 8 de maio), "foi mais reduzida em todas as estações comparativamente com a média das concentrações nos dias úteis desde o estado de alerta até ao final do estado de emergência" (16 de março a 30 de abril), valores que já estavam "muito abaixo da média" do verificado desde o início do ano até ao estado de alerta.

ESPECIAL CORONAVÍRUS