Coronavírus

Agência Portuguesa do Ambiente divulga capacidade das praias

FRANK AUGSTEIN

A APA avisa que poderá ser preciso reduzir a ocupação devido à pandemia.

Especial Coronavírus

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) divulgou esta quarta-feira documentos com a capacidade das praias das regiões do Algarve e de Tejo e Oeste, sublinhando que a pandemia do novo coronavírus pode implicar a redução da capacidade de ocupação do areal.

De forma a garantir a distância de segurança entre os banhistas, a APA considerou como critérios a utilização de uma área de 8,5 m2 por pessoa, identificou praias de uso limitado por apresentarem risco associado a arribas ou acessos, e analisou a área de “areal utilizável” e as suas características morfológicas e oceanográficas.

Os resultados encontram-se reunidos em três documentos respetivos a cada região, que iniciam a época balnear no dia 6 de junho. A Agência Portuguesa do Ambiente compromete-se ainda a publicar em breve os limites da capacidade das restantes praias.

Barlavento

Sotavento

Tejo e Oeste