Coronavírus

Trump anuncia regresso aos comícios, apesar de reconher que é perigoso

As inscrições já estão abertas e, em tempos de pandemia, haverá novas regras a cumprir.

Especial Coronavírus

Os Estados Unidos continuam a registar, por dia, cerca de 20 mil novos casos de Covid-19, mas, ainda assim, Donald Trump mantém a decisão de recomeçar os comícios já na proxima semana, apesar de reconher que é perigoso.

Os participantes terão de assinar um termo de responsabilidade a assumir o risco de contágio.

Joe Biden já criticou o regresso aos comícios de Donald Trump e disse que o adversário está novamente a ignorar a realidade e a não levar o vírus a sério, acusando o Presidente norte-americano de estar a falhar na gestão da pandemia e da reabetura da economia.

Biden participou numa reunião sobre o relançamento da economia e prometeu que se for eleito nas presidenciais vai lançar um plano estratégico que prevê um aumento exponecial de testes à Covid-19 e licenças pagas para quem estiver infetado.