Coronavírus

Aeroporto da Madeira testa todos os passageiros que chegam à ilha

Unidade montada no aeroporto terá em permanência 50 profissionais de saúde.

Especial Coronavírus

Os testes de rastreio aos passageiros desembarcados no aeroporto da Madeira começaram esta quarta-feira.

O rastreio é feito na zona das chegadas e existem dois corredores, o verde para quem traz teste e o azul para quem faz à chegada.

Os primeiros 284 passageiros a serem testados chegaram do Porto e de Lisboa, falam em demora no processo, mas compreendem a necessidade.

No Porto Santo, o rastreio será feito nos hotéis.

Bastonário dos Médicos defende medidas mais restritivas à chegada a território nacional

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, defendeu a necessidade de medidas "mais restritivas" para os aeroportos do continente e uma maior coordenação entre as autoridades de saúde, no âmbito do combate à pandemia da Covid-19.

Em declarações aos jornalistas, no final de uma visita ao hospital Doutor Fernando da Fonseca (Amadora-Sintra), Miguel Guimarães, apontou para o facto de os aeroportos dos arquipélagos dos Açores e da Madeira já terem medidas mais restritivas e de tal ainda não se verificar em Portugal continental.